Ouvidoria Itinerante

Ícone

Ouvidoria Geral do Estado da Bahia

Atuação do Estado é debatida em Vitória da Conquista

Representantes do Território Vitória da Conquista participaram da décima primeira edição do projeto Ouvidoria Itinerante realizado nesta quinta-feira (26) na Câmara de Vereadores de Vitória de Conquista. O evento organizado pela Ouvidoria Geral do Estado da Bahia tem por objetivo dialogar com os cidadãos sobre a atuação do Estado e interiorizar o serviço de ouvidora.

“Com a Ouvidoria Itinerante aproximamos os cidadãos da administração pública e a garantimos a sociedade o direito de dizer ao Governo do Estado as suas demandas e as críticas às políticas públicas”, explica o ouvidor-geral do Estado, Jones Carvalho. De acordo com o ouvidor-geral, todas as manifestações foram registradas no Sistema de Ouvidoria e Gestão Pública (TAG) e o cidadão terá resposta individual ao seu pleito.

Edwaldo Alves Silva, secretário de Governo da Prefeitura de Vitória da Conquista, comentou que uma boa gestão pública tem como premissa básica ouvir a sociedade e orientar suas políticas e projetos a partir das necessidades dos cidadãos. A secretária de educação de Piripá, Eliane Marinho, disse que a Ouvidoria Itinerante foi uma iniciativa importante para que os municípios pudessem apresentar ao executivo estadual as suas necessidades.

O Território Vitória da Conquista é formado pelos municípios de Anagé, Aracatu, Barra do Choça, Belo Campo, Bom Jesus da Serra, Caetanos, Cândido Sales, Caraíbas, Condeúba, Cordeiros, Encruzilhada, Guajeru, Jacaraci, Licínio de Almeida, Maetinga, Mirante, Mortugaba, Piripá, Planalto, Poções, Presidente Jânio Quadros, Ribeirão do Largo, Tremedal e Vitória da Conquista.

Nesta quarta-feira (25) a Ouvidoria Itinerante foi realizada no Território de Itapetinga e reuniu nove dos 13 municípios da região. Em 2009 foram realizadas 11 audiências nos Territórios do Baixo Sul, Sertão do São Francisco, Piemonte Norte do Itapicuru, Sisal, Serrinha, Litoral Sul, Extremo Sul, Médio Rio das Contas, Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte, Itapetinga e Vitória da Conquista. Até o fim de 2010 o projeto Ouvidoria Itinerante visitará os 26 Territórios de Identidade do estado.

Arquivado em:Vitória da Conquista, , , , ,

Sociedade debate atuação do Estado em Itapetinga

O município de Itapetinga sediou a décima edição do projeto Ouvidoria Itinerante, que consiste em uma série de audiências públicas para debater com os cidadãos alternativas para melhorar a qualidade na prestação dos serviços públicos e da atuação do Estado na região. O evento, realizado nesta quarta-feira (25) na Câmara Municipal de Vereadores, reuniu representantes de nove municípios das 13 cidades que compõem o Território Itapetinga.

“O objetivo da Ouvidoria Itinerante é solidificar a Ouvidoria Geral como canal de interlocução entre governo e sociedade, bem como identificar os pontos fortes e fracos da administração pública”, destaca o ouvidor-geral do Estado, Jones Carvalho, ressaltando que as manifestações realizadas durante a audiência terão respostas individuais. Ainda de acordo com o ouvidor-geral, relatórios serão elaborados a partir das demandas da população e encaminhados para as Secretarias citadas.

Para o presidente da Câmara de Vereadores de Itapetinga, Marcos Antônio Gabrielli, o Governo do Estado acerta em realizar eventos que promova o diálogo com a sociedade “pois a participação popular é garantia para a democracia”. Milane Alves Correia, estudante do curso de Biologia da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), encontrou espaço na Ouvidoria Itinerante para reivindicar a criação de um restaurante na Universidade e iluminação em vias públicas.

O Território Itapetinga é formado pelos municípios de Caatiba, Firmino Alves, Ibucuí, Iguaí, Itambé, Itapetinga, Itarantim, Itororó, Macarani, Maiquinique, Nova Canaã, Potiraguá e Santa Cruz da Vitória

Próxima audiência será em Vitória da Conquista

No dia 26 de novembro, a Ouvidoria Itinerante será realizada na Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, das 8h às 12h. São esperados representantes das cidades de Anagé, Aracatu, Barra do Choça, Belo Campo, Bom Jesus da Serra, Caetanos, Cândido Sales, Caraíbas, Condeúba, Cordeiros, Encruzilhada, Guajeru, Jacaraci, Licínio de Almeida, Maetinga, Mirante, Mortugaba, Piripá, Planalto, Poções, Presidente Jânio Quadros, Ribeirão do Largo, Tremedal e Vitória da Conquista.

Arquivado em:Itapetinga, , , , , ,

Ouvidoria Itinerante visita Itapetinga e Vitória da Conquista

Os Territórios Itapetinga e Vitória da Conquista serão os próximos a sediarem o projeto Ouvidoria Itinerante, uma série de audiências cujo objetivo é dialogar com a sociedade a atuação do Estado e o funcionamento dos órgãos públicos em cada localidade.

Em Itapetinga o evento será realizado no dia 25 de novembro, na Câmara Municipal de Vereadores, das 13h às 17h e irá reunir representantes dos municípios de Caatiba, Firmino Alves, Ibucuí, Iguaí, Itambé, Itapetinga, Itarantim, Itororó, Macarani, Maiquinique, Nova Canaã, Potiraguá e Santa Cruz da Vitória, que compõem o Território de Identidade Itapetniga.

No dia seguinte (26) o evento acontecerá na Câmara de Vereadores de Vitória da Conquista, das 8h às 12h. São esperados representantes das cidades de Anagé, Aracatu, Barra do Choça, Belo Campo, Bom Jesus da Serra, Caetanos, Cândido Sales, Caraíbas, Condeúba, Cordeiros, Encruzilhada, Guajeru, Jacaraci, Licínio de Almeida, Maetinga, Mirante, Mortugaba, Piripá, Planalto, Poções, Presidente Jânio Quadros, Ribeirão do Largo, Tremedal e Vitória da Conquista.

“Nós já realizamos nove edições do projeto Ouvidoria Itinerante e em cada uma delas pudemos perceber as necessidades de cada região. As audiências têm ampliado o diálogo com os cidadãos e aproximado a população da administração pública”, destaca o ouvidor-geral do Estado, Jones Carvalho.

Segundo o ouvidor-geral, todas as manifestações realizadas durante o evento terão respostas individuais. As demandas serão convertidas em relatórios gerenciais e encaminhadas ao governador Jaques Wagner e para as respectivas Secretarias citadas.

Arquivado em:Itapetinga, Vitória da Conquista, , , , ,

Governo e sociedade debatem prestação de serviço público em Jequié

jequie_itine

Em continuidade ao projeto Ouvidoria Itinerante, a Ouvidoria Geral do Estado da Bahia realizou nesta quinta-feira (22) audiência para debater com a sociedade a qualidade dos serviços públicos e a atuação do governo estadual. O evento ocorreu na Câmara de Vereadores de Jequié e reuniu 60 representantes do Território Médio Rio das Contas.

Para o ouvidor-geral do Estado, Jones Carvalho, as audiências têm proporcionado um bom retorno sobre a prestação de serviços públicos estaduais. “É nos municípios que as coisas acontecem, portanto, visitar as regiões e conhecer os problemas dos cidadãos é fundamental para melhorar a administração pública”, pontua.

Eliezer Pereira, vice-presidente da Câmara de Vereadores de Jequié, elogiou a realização da audiência. “Foi bastante produtivo o debate, pois pudemos apresentar as nossas demandas ao Governo do Estado”, disse. Luciane Barreto, do município de Itagibá e representante da ONG Safre, encontrou na Ouvidoria Itinerante um espaço para solicitar ampliação de políticas para potencializar a agricultura familiar.

Representantes da cidade de Apuarema enfrentaram mais de uma hora de viagem para participar da audiência. “Foi um momento singular de participação popular e discussão sobre o destino das ações do governo estadual” destacou Raival Pinheiro, que integrou a comitiva.

Na quarta-feira (21), a Ouvidoria Itinerante foi realizada no auditório da Justiça Federal e reuniu representantes do Território Litoral Sul. De acordo com o ouvidor-geral, até 2010 as audiências públicas serão realizadas em todos os 26 Territórios de Identidade da Bahia.

Arquivado em:Uncategorized

Debate sobre atuação do Governo do Estado reúne representantes do Litoral Sul

O município de Ilhéus sediou a oitava edição do projeto Ouvidoria Itinerante, que consiste em uma série de audiências públicas para debater com a sociedade alternativas para melhorar a qualidade dos serviços públicos estaduais. O evento, organizado pela Ouvidoria Geral do Estado da Bahia, foi realizado no auditório da Justiça Federal e reuniu representantes do Território Litoral Sul.

“A Ouvidoria Itinerante é uma forma de interiorizarmos o serviço de ouvidoria, para ampliar o diálogo com os cidadãos, conhecer suas demandas e a partir daí adotar medidas que minimizem os problemas”, destaca o ouvidor-geral do Estado, Jones Carvalho.

Wenceslau Augusto, vereador de Itabuna, disse que a iniciativa aproximou o Governo do Estado da sociedade. “Através desta audiência pudemos apresentar as necessidades da nossa região. O empresário Jamil Ocke destacou que pela primeira vez a administração pública estadual foi à Ilhéus escutar as demandas dos cidadãos. Já para Marlene Sena, presidente da Câmara de Vereadores de Ibirapitanga, o evento possibilitou o debate regional sobre alternativas para melhorar a atuação do Estado no Território Sul.

Jequié sediará a próxima edição da Ouvidoria Itinerante

No dia 22 de outubro, das 8h às 12h, na Câmara de Vereadores de Jequié, acontecerá a nona edição do projeto Ouvidoria Itinerante abrangendo o Território Médio Rio das Contas, composto pelas cidades de Aiquara, Apuarema, Barra do Rocha, Boa Nova, Dário Meira, Gongogi, Ibirataia, Ipiaú, Itagi, Itagibá, Jequié, Jitaúna, Manoel Vitorino, Nova Ibiá, Ubatã e Itamari.

Arquivado em:Litoral Sul, , , , ,

Atuação do Governo do Estado será debatida nos Territórios Litoral Sul e Médio Rio das Contas

Em continuidade ao projeto Ouvidoria Itinerante, a Ouvidoria Geral do Estado da Bahia irá realizar duas audiências públicas para debater com a sociedade a prestação dos serviços públicos e atuação do Governo do Estado nos Territórios Litoral Sul e Médio Rio das Contas neste mês.

No dia 21 de outubro, das 8h às 12h, a oitava audiência será realizada no Prédio da Justiça Federal em Ilhéus. O evento irá reunir representantes do Território Litoral Sul, formado pelos municípios de Almadina, Arataca, Aurelino Leal, Barro Preto, Buararema, Camacã, Canavieiras, Coaraci, Floresta Azul, Ibicaraí, Ibirapitanga, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itaju do Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Jussari, Maraú, Mascote, Pau Brasil, Santa Luzia, São José da Vitória, Ubaitaba, Una e Uruçuca.

Já no dia 22 de outubro, das 8h às 12h, na Câmara de Vereadores de Jequié, acontecerá a nona edição do projeto Ouvidoria Itinerante abrangendo o Território Médio Rio das Contas, composto pelas cidades de Aiquara, Apuarema, Barra do Rocha, Boa Nova, Dário Meira, Gongogi, Ibirataia, Ipiaú, Itagi, Itagibá, Jequié, Jitaúna, Manoel Vitorino, Nova Ibiá, Ubatã e Itamari.
“Este é um momento das lideranças políticas, movimentos sociais e representantes locais discutirem os problemas da região e dialogar diretamente com o Governo do Estado. Durante a audiência, o cidadão poderá registrar reclamações, denúncias, sugestões e elogios sobre os serviços públicos estaduais”, explica o ouvidor-geral do Estado, Jones Carvalho.

De acordo com o ouvidor-geral, todas as manifestações realizadas durante o evento terão respostas individuais. As demandas serão convertidas em relatórios gerenciais e encaminhadas ao governador Jaques Wagner e para as respectivas Secretarias citadas.

Arquivado em:Litoral Sul, Médio Rio das Contas, , , , , , ,

OGE divulga relatórios da Ouvidoria Itinerante no Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte

No dia 30 de setembro foi realizada a sétima edição do projeto Ouvidoria Itinerante na Câmara de Vereadores de Alagoinhas reunindo representantes dos municípios que compõem o Território Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte. Participaram do evento 60 pessoas entre representantes de associações, representantes de órgãos do Estado, como DIRES, DIREC, EMBASA; funcionários públicos municipais e estaduais; sociedade civil e autoridades municipais (vereadores, prefeito, vice-prefeito, presidente de Câmara, entre outras).

O objetivo de ouvir a população da região do Território Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte foi alcançado. Foram contabilizadas 14 manifestações que traduziram as necessidades e problemas enfrentados pela população da região. Estes registros foram inseridos no Sistema de Ouvidoria e Gestão Pública – TAG e as informações obtidas nesta audiência, organizada pela Ouvidoria Geral do Estado, em parceria com a Câmara de Vereadores de Alagoinhas podem ser acompanhadas no relatório.

Faça o download do relatório na íntegra

podem ser acompanhas no relatório.

Arquivado em:Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte, , , ,

Atuação do Governo do Estado é debatida em Ouvidoria Itinerante

Representantes do Território Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte participaram nesta quarta-feira (30) da sétima edição do projeto Ouvidoria Itinerante, que consiste em uma série de audiências públicas para debater com a sociedade propostas para melhorar a qualidade dos serviços públicos estaduais. Durante o evento, realizado na Câmara de Vereadores de Alagoinhas, a população pode também registrar reclamações, denúncias e elogios sobre a atuação do Estado na região.

“O povo é principal elemento da democracia e hoje ele pode apresentar suas manifestações ao Estado”, disse o presidente da Câmara de Vereadores de Alagoinhas, Luciano Almeida. Já a prefeita de Cardeal da Silva, Maria Quitéria Mendes, disse que a ouvidoria cumpre um elo entre o poder público e a sociedade.

Para o ouvidor-geral do Estado, Jones Carvalho, disse que o objetivo da audiência foi cumprido. “A nossa proposta é ouvir dos cidadãos crítica e sugestões em relação a prestação dos serviços públicos estaduais nas cidades. Essas informações ajudam a melhorar a atuação do Governo do Estado”, pontua. As manifestações registradas durante a audiência serão convertidas em relatórios gerenciais e irão nortear o planejamento de políticas públicas na Bahia pelo executivo estadual.

O Território Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte é composto pelos municípios de Itapicuru, Olindina, Crisópolis, Rio Real, Jandaíra, Conde, Acajutiba, Esplanada, Cardeal da Silva, Entre Rios, Mata de São João, Itanagra, Araçás, Alagoinhas, Aramari, Ouriçangas, Inhambupe, Sátiro Dias, Aporá, Catu, Pojuca e Pedrão.

Arquivado em:Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte, , , ,

Alagoinhas sediará a sétima edição do projeto Ouvidoria Itinerante

A Ouvidoria Geral do Estado da Bahia irá realizar no dia 30 de setembro, das 8h às 12h, a sétima edição do projeto Ouvidoria Itinerante na Câmara de Vereadores de Alagoinhas. O evento tem como objetivo debater com a sociedade alternativas para melhorar o atendimento ao cidadão e o funcionamento dos órgãos públicos estaduais.

Nesta edição, o projeto irá reunir representantes dos municípios de Itapicuru, Olindina, Crisópolis, Rio Real, Jandaíra, Conde, Acajutiba, Esplanada, Cardeal da Silva, Entre Rios, Mata de São João, Itanagra, Araçás, Alagoinhas, Aramari, Ouriçangas, Inhambupe, Sátiro Dias, Aporá, Catu, Pojuca e Pedrão, que compõem o Território Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte.

A inscrição será realizada no início do evento e o cidadão terá direito a fala para apresentar sugestões, denúncias, reclamações e elogios acerca da atuação do Governo do Estado em sua localidade. De acordo com o ouvidor-geral do Estado, Jones Carvalho, todas as manifestações serão registradas no Sistema de Ouvidoria e Gestão Pública (TAG) e o cidadão receberá uma senha para acompanhar o trâmite da sua demanda até a resposta final.

“A cada edição da Ouvidoria Itinerante melhora nosso entendimento sobre atuação do Governo do Estado em cada região e ouvimos da população quais as prioridades para a aplicação de investimentos e desenvolvimentos de projetos”, pontua o ouvidor-geral.

Arquivado em:Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte, , , , , ,

OGE divulga relatórios do projeto Ouvidoria Itinerante

Nos dias 16 e 17 a Ouvidoria Geral do Estado da Bahia realizou o projeto Ouvidoria Itinerante no Território Semiárido Nordeste II e Sisal, respectivamente.  No Semiárido foram contabilizadas 82 manifestações e no Sisal 184, que traduziram as necessidades e problemas enfrentados pela população da região.

Para o ouvidor-geral do Estado da Bahia, Jones Carvalho, o objetivo de ouvir a população das duas região foi alcançado. “Com a Ouvidoria Itinerante aproximamos a ouvidoria do cidadão do interior da Bahia e obtemos excelentes sugestões para melhorar a nossa atuação nesses Territórios”.

Território Semiárido Nordeste II
Território Sisal

Alagoinhas sediará a sétima edição do projeto Ouvidoria Itinerante

A Ouvidoria Geral do Estado da Bahia irá realizar no dia 30 de setembro, das 8h às 12h, a sétima edição do projeto Ouvidoria Itinerante na Câmara de Vereadores de Alagoinhas. O evento tem como objetivo debater com a sociedade alternativas para melhorar o atendimento ao cidadão e o funcionamento dos órgãos públicos estaduais.

Nesta edição, o projeto irá reunir representantes dos municípios de Itapicuru, Olindina, Crisópolis, Rio Real, Jandaíra, Conde, Acajutiba, Esplanada, Cardeal da Silva, Entre Rios, Mata de São João, Itanagra, Araçás, Alagoinhas, Aramari, Ouriçangas, Inhambupe, Sátiro Dias, Aporá, Catu, Pojuca e Pedrão, que compõem o Território Agreste de Alagoinhas/Litoral Norte.

Arquivado em:Semiárido, Sisal, , , ,

Como registrar uma manifestação

Denúncias, reclamações, sugestões, elogios ou solicitação de informações sobre os serviços públicos estaduais podem ser realizados pelos seguintes meios de contato:

Central de Atendimento - 0800 284 0011 (ligação gratuita)

Internet - www.ouvidoriageral.ba.gov.br

Fax: (71) 3115-6901

O que falam das audiências

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.